Hidratante feito de veneno de cobra,abelha e fezes de rouxinol! Fala sério!


Quem poderia imaginar que o veneno das abelhas tem propriedades hidratantes poderosas e o das cobras víboras é eficaz contra rugas? Ou ainda que as fezes do rouxinol possam deixar a cútis mais jovem e melhorar sua textura? Pois acredite, isso é uma verdade. o farmacêutico Maurício Pupo, de Campinas (SP), o cirurgião plástico Miguel Sorrentino, do Rio de Janeiro e o pesquisador Ciro Protta, de Tatuí (SP) – esses benefícios são perfeitamente possíveis, graças às últimas descobertas da ciência, que, apesar de bizarras, têm fundamento e ilustram um momento revolucionário da indústria cosmética. Ficou curiosa? Então veja os detalhes sobre cada um dos novos tratamentos.

VENENO DE ABELHA
O que é: Creme cosmético para uso tópico, aprovado pela Anvisa, formulado com veneno das abelhas - conhecido há décadas como um excelente anti-inflamatório. Este veneno contém um ativo chamado melitina, que se mantém absolutamente natural na produção do creme e promete devolver uma hidratação profunda à pele. “Além disso, a melitina ativa a circulação sanguínea e estimula o organismo a produzir colágeno, sendo assim, as marcas de expressão são efetivamente minimizadas”, explica o apicultor e pesquisador Ciro Protta, co-responsável pela criação da fórmula do produto e proprietário de um laboratório cosmético em Tatuí (SP). “Em nosso último trabalho de certificação comprovamos que o creme também tem a propriedade de uniformizar o tom da pele, mantendo-a mais clara”, completa Ciro, que destaca a importância de friccionar o creme sobre a pele, devido ao fato da fórmula não conter substâncias químicas que abram os poros e facilite a penetração do produto.

VENENO DE VÍBORA (sintetizado em laboratório)
O que é: O peeling de veneno de cobra é um creme para uso tópico, vendido em farmácias de manipulação, cujo principal ativo é a substância sintética que tem as mesmas propriedades do veneno produzido pela víbora. A proteína proteína presente no ativo inibe a contração muscular, de forma semelhante a da toxina botulínica. “Ao bloquear a contração dos músculos, o efeito é reduzir a aparência das rugas. Além dessa propriedade, foi acrescentada à fórmula uma enzima presente no mamão, a papaína, que remove a camada superficial da pele, de forma leve, eliminando todas as células mortas, o que potencializa a absorção do peeling de veneno de cobra pela cútis”, justifica o farmacêutico Maurício Pupo, especialista em cosmetologia. A última pesquisa, realizada na Suíça – país onde se deu a descoberta desse benefício cosmético – com 30 pessoas entre 40 e 60 anos, comprovou que, imediatamente após o tratamento com veneno de cobra, os efeitos foram observados já no primeiro minuto, e mantiveram-se por mais de 48 horas. “Cerca de 80% dos voluntários sentiram a rugosidade da pele bem mais amena, e 52% deles percebeu redução na profundidade das rugas”, conta Pupo.

FEZES DE ROUXINOL
O que é: Descoberto no Japão quando foi usado por gueixas para deixar a cútis clara e uniforme, foi popularizado por estrelas como Victoria Beckham e Tom Cruise, que atestam seus efeitos. É um creme feito em farmácias de manipulação que combina as fezes do passarinho com outros ativos como ácidos e despigmentantes e é usado restritamente por médicos em consultório: depois de uma sessão de luz pulsada, o creme é aplicado e o paciente deve permanecer com ele por quatro horas. É usado para tratamento de rejuvenescimento e melhora da textura da pele, que, na maioria dos casos, ganha viço, tonalidade uniforme e poros reduzidos. Quando combinado a ácidos provoca leve esfoliação da cútis, muito eficaz no período pós-laser. Aqui no Brasil, o produto ainda está submetido à análise da Anvisa, portanto sem registro para ser comercializado com segurança.

SANGUE
O que é: Conhecido com o Lifting Vampiro, o Plasma Rico em Plaquetas (PRP) é um preenchimento cutâneo injetável feito com o plasma da própria pessoa. “Por conta das plaquetas terem a função de formar novos tecidos, elas são eficazes nos preenchimentos faciais, com a grande vantagem de não causar as reações dos preenchimentos sintéticos, como cicatrizes e deformidades definitivas”, justifica o cirurgião plástico Miguel Sorrentino, do Rio de Janeiro. “Por serem ricas em fatores de crescimento, as plaquetas, quando injetadas na camada superficial da pele, estimulam a produção de colágeno – fundamental para a vitalidade da pele – já que é nessa região que se concentram essa fibra de sustentação da cútis”, completa o médico. O procedimento é feito exclusivamente em consultório médico e dura cerca de uma hora. Na sessão está incluída a retirada do sangue, o preparo da solução de plasma e a injeção propriamente dita. Ainda está em fase de análise pela Anvisa.

Vou morrer e não vou ver tudo!

Fonte:http://mulher.uol.com.br/beleza/noticias/redacao/2012/09/28/tratamentos-inusitados-com-veneno-de-cobra-ou-de-abelha-prometem-milagres.htm

0 comentários :

 
Copyright © -2012 Da Hora All Rights Reserved | Template Design by Favorite Blogger Templates | Blogger Tips and Tricks